Submissões

Prazos:

Resumos simples

23 de abril a 10 de junho de 2019


Artigos

23 de abril a 30 de junho de 2019


Modelos e normas:

Resumo simples com filiação e autores

Resumo simples sem filiação e autores

Normas de submissão


Critérios Gerais:


1. Estar inscrito no evento;
2. Para cada inscrição serão aceitos até dois trabalhos por autor na modalidade PÔSTERES;
3. Será permitida a inscrição de trabalhos assinados por um autor e até 5 (cinco) coautores;
4. A pessoa que submeter é considerada o primeiro autor automaticamente, não necessitando informar e não é possível alterar.

5. Os trabalhos inscritos deverão apresentar resultados de pesquisas concluídas ou em andamento. Trabalhos que envolvam seres humanos deverão indicar no texto o número, bem como anexar parecer de aprovação do comitê de ética. Não serão aceitos projetos de pesquisa, bem como pesquisas realizadas sem a comprovação de estarem em conformidade com a Resolução CNS (Conselho Nacional de Saúde) 466/2012 e Declaração de Helsinque. Aqueles que envolverem animais não seres humanas deverão estar em conformidade com as Normas para o Bem Estar Experimental Animal e também apresentar o parecer do comitê de Ética experimental para animais não humanos;
6. Os trabalhos aprovados só poderão ser apresentados pelos seus respectivos autores e/ou co-autores;
7. No momento de exposição dos PÔSTERES, será indicado um monitor e um coordenador responsável pela avaliação da apresentação e pelo controle da presença;
8. O tempo de apresentação será definido conforme o numero de trabalhos inscritos. É importante que os autores tenham como referência um tempo aproximado de 10 a 15 minutos;
9. Na exposição dos PÔSTERES o(s) autor(es), o(s) monitor(es) e o(s) coordenador(es) receberá(ão) certificado(s).


Eixos temáticos


Eixo temático Descrição
PROMOÇÃO DA SAÚDE Serão aceitos estudos na área de saúde que tenham como objetivo o fortalecimento da promoção da saúde e que visem o desencadeamento de intervenções e ações articuladas que promovam e estimulem a adoção de comportamentos e estilos de vida; provoque mudanças nas condutas dos indivíduos, nas suas condições sociais, econômicas e ambientais, além da prestação de serviços. A saúde depende da capacidade de se gerenciar eficazmente a interação entre os meios físicos, espiritual, biológico e econômico/social.
PREVENÇÃO DO CÂNCER Serão aceitos estudos que abordam a epidemiologia do câncer, os fatores de risco associados ao câncer e as ações de prevenção primária e secundária do câncer; educação em saúde com foco na prevenção do câncer; abordagem dos principais aspectos da prevenção do câncer; os principais fatores de risco do câncer e a atuação dos profissionais em processos de prevenção de câncer.
AVANÇOS NO TRATAMENTO DO CÂNCER Serão aceitos estudos que abordam os avanços no tratamento do câncer - quimioterapia, radioterapia; terapia alvo e imunoterapia; e o impacto de algumas dessas abordagens terapêuticas na sobrevida global; sobrevida livre de progressão e qualidade de vida do paciente.
CUIDADOS PALIATIVOS Serão aceitos estudos na área da saúde que tenham como objetivo os cuidados paliativos: medidas de acolhimento; conforto; qualidade de final de vida e intervenções que minimizem o sofrimento humano - dor, fadiga, dispneia e caquexia neoplásica, e os aspectos relacionais - família, equipe e suporte social.
ADVOCACY Serão aceitos estudos na área de Advocacy, que tenham como objetivo o fortalecimento da promoção da defesa dos direitos dos pacientes oncológicos e que visem os desencadeamentos de oportunidade de aprimoramento de políticas públicas em oncologia, assim como estudos que apontem a dimensão da responsabilidade e eficácia do governo perante os direitos fundamentais inerentes à saúde, a qual o Estado tem o dever de garantir, uma vez que é direito de todos. A defesa dos direitos do paciente oncológico depende de soluções sustentáveis e responsáveis para garantir a promoção das transformações necessárias.